Pra transformar

Quais são as melhores cores para ambientes internos?


As cores são uma parte essencial da decoração. Seja pelo uso ou ausência de cores, a escolha é determinante para o estilo e até o sentimento que o ambiente transmite.

Afinal, as cores podem gerar uma gama de sensações diferentes para cada pessoa.

Leia também:
Como transforma sua sala em um cinema com menos de R$3 mil
7 dicas de decoração para encantar potenciais compradores
O que é Home Staging? e como usá-lo em seu favor

Descubra quais são as características marcantes de cada uma, e como usar as cores para ambientes internos.

A psicologia das cores

A Psicologia das Cores é um estudo com a finalidade de identificar como o nosso cérebro identifica as cores e as transforma em emoções, e até mesmo sensações. 

Para entender um pouco mais sobre o tema, recomendamos o livro: “A psicologia das cores: Como as cores afetam a emoção e a razão“.

A obra explica a relação das cores com os nossos sentimentos, e mostra como as duas coisas não se combinam por acaso, já que as relações entre pessoas e cores não é uma mera questão de gosto, mas sim de experiências universais.

Cores primárias

Vermelho

Uma cor “caliente“, considerada dinâmica e vibrante. Pode ser usada para transmitir intensidade e até confiança.

Ela é ideal para criar ambientes aconchegantes, calorosos e até mesmo convidativos na sua casa. Você também pode utilizar o vermelho para criar maior destaque para uma única parede de um cômodo ou pode combiná-la com outras mais “frias” .

Você sabe como usar as cores para cada um dos ambientes internos da sua casa? Confira o que diz a Psicologia das Cores antes de pegar o pincel.

Amarelo

O amarelo é uma cor vibrante que transmite alegria e é capaz de tornar um ambiente aconchegante e confortável.

É ideal para salas de estar e áreas de convivência, mas não é muito recomendado em ambientes muito grandes, pois podem incomodar os olhos com o excesso de luz.

Azul

De todas as cores, a azul é considerada a favorita entre homens e mulheres, com aproximadamente 46% de aprovação do público masculino e 44% do feminino.

O azul é capaz de acalmar e relaxar, por isso é comum encontrarmos em quartos, salas e até mesmos banheiros. Em tons mais claros, pode ser usado em ambientes pequenos, por dar a impressão de amplitude.

Cores secundárias

Verde

O verde pode transmitir alegria, vida, harmonia e tranquilidade e pode ser usado em quartos, banheiros, salas e até mesmo em lugares abertos, como quintais e jardins.

A cor também pode passar a sensação de concentração, sendo indicado para salas de aula e de reunião.

Laranja                                                         

Mais uma cor quente que pode transmitir alegria, movimento e criatividade.

Também é responsável por estimular o apetite das pessoas. por isso é comum ser usada como destaque em cozinhas.

Roxo

A cor roxa transmite sensações de criatividade e de tranquilidade, sendo melhor apropriada para lugares que necessitem desse tipo de energia.

Pode ser usada em quartos infantis e escritórios, devido às sensações transmitidas.


Lembrando que o uso das cores informados acima, não são uma regra que deve ser seguida a risca.

No seu imóvel você tem total liberdade de pintar da maneira que desejar. Mas, se seguir algumas das dicas, você conseguirá transmitir algumas emoções para aqueles que entrarem no seu “lar doce lar”.

Agora que você já conhece um pouco sobre como usar as cores para ambientes internos na sua casa, que tal aplicá-las ao lar dos seus sonhos?