Pra negociar

Casafy anuncia serviço direto de compra e venda de imóveis com taxas reduzidas


Renato Orfaly, CEO da Casafy, fez o pronunciamento durante palestra no Expo Fórum Digitalks 2019

Na última quinta-feira (29), a Casafy anunciou o lançamento de uma plataforma onde proprietários (ou corretores exclusivos) e compradores poderão negociar seus imóveis de forma rápida, direta e segura.

Segundo o CEO da Casafy, Renato Orfaly, o produto tem como objetivo simplificar e tornar mais segura a vendas de imóveis no Brasil, onde 1 a cada 5 processos são cancelados por conta da documentação incompleta ou irregular. 

Na plataforma de venda direta de imóveis da Casafy, proprietários poderão anunciar seus imóveis gratuitamente. A documentação de todas as propriedades é verificada antes mesmo da publicação, economizando tempo e trazendo mais segurança para as partes.

Além disso, o serviço oferecerá visitas acompanhadas pelos Monitores Casafy, que verificarão a identidade dos interessados tanto no momento do agendamento como na visita. 

Publicar seu imóvel será gratuito, e só será cobrada uma taxa pela assessoria documental caso a venda seja efetuada. A utilização dos serviços terá valor abaixo do mercado, com comissão de apenas 1,5% do valor do imóvel.

Conheça o serviço de venda direta de imóveis:

O evento

O anúncio foi realizado durante o painel de debates “Aplicativos e soluções digitais para o mercado imobiliário” no palco Digital Real Estate Brazil do evento Expo Fórum Digitalks 2019, principal evento de negócios digitais do País.

A mesa-redonda contou também com a participação de Marco Giacomelli, da Giacomelli Imóveis, Cristiano Maia, da Foxter Cia. Imobiliária, e foi mediada por Bruno Lessa. 

A 10ª edição do Expo Fórum Digitalks, aconteceu nos dias 28 e 29 de agosto, no Transamérica Expo Center e recebeu mais de 6.000 profissionais da área digital, executivos e entusiastas do mercado.

Pela primeira vez, o evento contou com um palco exclusivo para o mercado imobiliário, onde foram abordados temas como inteligência aumentada, marketing digital, tecnologia, nova economia, criptofinanças e muito mais.