CRIAR O PERFIL DO MEU IMÓVEL IDEAL
Pra entender

Os 5 golpes mais comuns na compra e venda de imóveis e como evitá-los

Por Renan Alves em Fevereiro, 27 2020
Voltar
Renan Alves

O sonho de ter uma casa própria está cada vez mais acessível para muitos brasileiros, com condições de financiamento que são uma mão na roda. E durante esse processo de compra ou venda, é necessário tomar certos cuidados para não acabar sendo mais uma vítima de um golpista.

Leia também:
Como funciona a validação da documentação de imóvel na Casafy?
O que perguntar para o proprietário antes de comprar um imóvel
Portaria 24 horas remota ou presencial: qual é a mais segura?

Pensando em você, criamos esse conteúdo para alertar sobre os golpes mais comuns que você pode estar sujeito ao comprar ou vender um imóvel.

Não deixe de conferir abaixo quais são, e algumas dicas para se prevenir.

1. Golpe da portaria

O golpe da portaria acontece quando um golpista localiza uma casa por meio de anúncios, na qual está especificado que as chaves do imóvel estão na portaria.

Isso torna fácil para que o golpista leve futuros compradores no local, se passando por corretor de imóveis, e convence os mesmos a pagarem uma pequena taxa para reservar o imóvel.

Depois do pagamento, os interessados nunca mais verão o tal "corretor de mentira".

Como evitar:

Sempre desconfie se for solicitado o pagamento de alguma taxa, e nunca pague nada antes de assinar o contrato.

Consulte se o suposto corretor de imóveis está registrado no Creci (Conselho Regional de Corretores de Imóveis). Você pode fazer isso no próprio site do Creci do seu estado, buscando pelo número do registro ou pelo nome.

2. Golpe da viagem do proprietário

Neste golpe, o falso corretor oferece o imóvel dizendo que o dono viajou com urgência, e por esse motivo deseja alugar a casa com um valor "bom demais para ser verdade".

Mas, na maioria das vezes, o imóvel está apenas fechado, e quando o interessado efetua o pagamento, o corretor some junto com o dinheiro.

Como evitar:

Conforme diz o ditado popular: "quando a esmola é demais, o santo desconfia".

Pesquise os valores de aluguel na região e desconfie quando o imóvel é muito bom, e o preço está muito abaixo do que é oferecido no mercado.

3. Golpe da documentação suja

O golpe da documentação suja ocorre quando o proprietário do do imóvel está com o nome sujo e promete compra e venda de um imóvel para um conhecido que tem ficha limpa, e que não faz questão das certidões negativas do dono.

Em seguida, esta pessoa vende o imóvel para um terceiro. Por conta disso, a venda pode ser anulada se o verdadeiro proprietário for acionado para pagar os débitos.

Como evitar:

Para evitar esse tipo de golpe, é necessário que as certidões negativas estejam registradas em seu nome. Desta forma é possível descobrir se existem dívidas ou algum problema que possa prejudicar a negociação do imóvel.

Aqui na Casafy, todos os imóveis que são publicados passam por uma análise para validação da documentação do imóvel. Assim, o comprador tem mais segurança, durante o processo de compra do imóvel.

4. Golpe da documentação falsa

Assim como o próprio nome já diz, o golpe da documentação falsa ocorre quando alguém consegue a cópia da escritura com os dados verdadeiros do proprietário no cartório e falsifica os documentos que acabam possibilitando a venda do imóvel, com direito a assinatura da escritura na presença de um próprio funcionário do cartório.

Como evitar:

Você pode comprovar a legitimidade dos documentos levando os mesmos até o cartório. Você também pode solicitar que autenticação seja por autenticidade, que é feita quando a assinatura é realizada na presença de um funcionário do cartório.

5. Golpe da venda do mesmo imóvel para várias pessoas

Já pensou em realizar o sonho de comprar uma casa, e depois descobrir que o mesmo imóvel foi vendido para outra pessoa?

Esse golpe é fácil de ser encontrado atualmente, e ocorre quando o golpista negocia e vende o imóvel para várias pessoas ao mesmo tempo, aproveitando o mesmo documento, antes que alguém concretize a transferência da escritura.

Ao receber o sinal ou até mesmo uma quantia total dos compradores, o vendedor desaparece. Dessa maneira, apenas a primeira pessoa que realizar o registro do imóvel será a nova proprietária.

Como evitar:

Uma das maneiras de não cair no golpe, é fazer o registro do imóvel assim que assinatura do contrato for concluída. Desta forma, você garantirá que o imóvel é seu, e evitará a perda do mesmo para outros compradores, caso você tenha sido vitima de um golpista.


Com tantos golpes existentes atualmente, sempre procure saber mais sobre o negócio que irá fechar, quem são os verdadeiros proprietários e se o vendedor está autorizado a realizar tal venda.

Aqui na Casafy, nossa equipe jurídica está preparada para analisar detalhadamente todas os imóveis que são publicados na plataforma. Nós conferimos toda a documentação e garantimos mais segurança para você durante o processo de compra.

Saiba mais como funciona o processo de validação de documentos da Casafy. E não deixe de conferir os imóveis anunciados!